Foi há cerca de 14 anos um dos momentos mais insólitos do futebol.

Era a final do mundial 2006 entre a França e Itália. Zidane tinha marcado o 1-0 com um penálti à panenka, e Materazzi empatou antes do intervalo.

Foi já no prolongamento, que Zidane pareceu ter uma conversa com Materazzi, que segundos depois resultou numa ‘cabeçada’ no peito do Italiano. Após uma consulta com o árbitro auxiliar, o francês foi expulso. Foi a última coisa que Zidane fez como jogador dentro de campo.

Muitos rumores surgiram do que Materazzi poderia ter dito a Zidane para provocar esta reação. Sugeriam que Materazzi teria insultado a mãe de Zidane. Isto foi desmentido pelo italiano, anos depois, dizendo que “Perdi a minha mãe aos 15 anos, nunca insultaria a mãe de ninguém”.

Quase 14 anos depois, Materazzi finalmente revelou o que disse a Zidade numa entrevista num direto do Instagram:

Zidane disse: “Dou-te a minha camisola depois”, pois Materazzi tinha sido orientado para marcar individualmente o médio francês pelo seu treinador.

Ao que Materazzi respondeu: “Preferia a tua irmã”.

Finalmente ficámos a saber o que provocou um dos momentos mais inacreditáveis do futebol.