Muitos jogadores foram descritos como futuras estrelas mundiais, mas tal não aconteceu, pelas mais variadas das razões.

Adriano

O brasileiro no seu pico foi dado como o sucessor do seu compatriota Ronaldo. Após a morte do seu pai em 2004 o jogador caiu numa vida de alcoolismo e nunca se conseguiu recompor.

Mario Götze

O jogador que marcou o golo que deu o mundial à Alemanha. Caiu numa maré de azar de lesões, fazendo com que não conseguisse estabilizar num lugar no 11 do Bayern Munich. Regressou ao Borussia Dortmund e pouco depois foi diagnosticado com uma doença metabólica rara.

Jack Wilshere

Wilshere tinha tudo o que indicava que seria o próximo grande médio inglês. No entanto, ao longo de uma década fez apenas 125 jogos pelo Arsenal, muito devido a lesões. O jogador posteriormente jogou tambem no Bournemouth e no West Ham onde não impressionou.

Mario Balotelli

Sempre famoso pelo seu comportamento nada convencional, Balotelli só se pode culpar a si próprio pela falta de sucesso. No seu pico chegou a ganhar uma Champions League e dois títulos domésticos. O jogador atua agora pelo Brescia.

Alexandre Pato

Um talento fora de comum. Alexandre Pato brilhou ao serviço do Milan, e tudo apontava que se tornasse um dos melhores avançados do mundo. Chegou ao Chelsea, mas já não era o mesmo Pato, fez depois dois anos na China antes de voltar ao seu país, o Brasil.

Anderson

Anderson tem apenas 31 anos atualmente! Foi o vencedor do Golden Boy 2008. O jovem talento do Manchester United começou a aparecer nas capas dos jornais pelas piores razões. A cair no chão dentro de bares ou quando teve um acidente com o seu carro quando deveria estar a recuperar de uma lesão no joelho. O jogador também nunca aceitou bem ter de jogar numa posição mais defensiva após a saída de Cristiano Ronaldo da equipa.