Foi precisamente há 11 anos que Ronaldo marcou um dos melhores golos da sua carreira.

O Manchester United ganhou 3-1 com um golo de Ji-Sung Park e dois de Cristiano contra o rival Arsenal para a meia-final da Champions League.

A noite ficou marcada por um golo de livre a 37 metros da baliza, num ângulo demasiado apertado para qualquer um tentar um livre direto. Como para tudo existe uma exceção, neste caso a exceção foi um jovem Ronaldo.

Momentos antes do livre, o comentador inglês Clive Tyldesley disse algo de que certamente se arrependeu.

“Demasiado longe para Ronaldo sequer pensar em nisso” comentou Clive Tyldesley no canal de televisão ITV:

O comentador mudou o discurso quando viu a bola a entrar:” Absolutamente sensacional! …”

Foi um de muitos momentos incríveis do jogador português, que torna, vezes e vezes sem conta, o impossível e o inacreditável realidade.