Cristiano Ronaldo visitou o museu do Nacional da Madeira.

Dois anos antes de assinar pelo Sporting Clube de Portugal, Ronaldo vestiu a camisola do Nacional da Madeira.

Em 1997 o Nacional da Madeira não podia inscrever jogadores no campeonato, devido a uma dívida que tinha ao Sporting pela transferência do central Franco. O clube madeirense, na esperança de conseguir acertar contas, decidiu oferecer um “bom miúdo” que jogava na sua academia. O Sporting decidiu aceitar o pagamento da dívida de 25 mil euros, com a ida de Cristiano Ronaldo para Lisboa.

Foi com 12 anos que o jovem talentoso voou para o continente português e começou a trabalhar arduamente na academia do Sporting, uma das mais conceituadas academias do mundo nessa altura.

Na manhã desta quarta-feira, Ronaldo, que se encontra de quarentena na Madeira, aproveitou para visitar o museu do seu antigo clube. Publicou duas fotos no seu Instagram oficial:

“É sempre bom voltar a casa” escreve o capitão português na foto.

Teve a oportunidade de ver todos os troféus, bem como assinar o livro de honra do Nacional da Madeira